Melhores Atividades de Alfabetização de 2022

Olá professores e papais que procuram diariamente por diferentes atividades de alfabetização para ajudar seus alunos ou filhos em sua aprendizagem e em seu processo de alfabetização.

Atividades de Alfabetização

atividades-de-alfabetização

O Blog Lobato preparou para vocês um grande presente, um conjunto com inúmeras atividades de alfabetização super divertidas e dinâmicas para as crianças que estão nesta fase de alfabetização. 

Tudo isso foi pensado e organizado para tornar a aprendizagem muito mais fácil e prazerosa para os pequenos.

As diferentes atividades de alfabetização servem de reforço escolar e podem ser realizadas tanto na escola pelos professores como em casa pelos pais.

Hei Profe, pare de perder horas e horas elaborando seu plano de aula. CLIQUE aqui para ter atividades educativas para usar o ano inteiro com seus alunos.

Como ajudar as crianças em seu processo de alfabetização com essas atividades?

Milhares de pais e professores estão todos os dias na internet correndo atrás de atividades de alfabetização para desenvolver com seus filhos e alunos.

Mas sabemos que está longe de ser uma tarefa fácil pois encontramos na internet muitas atividades soltas e sem sentido, o que dificulta essa procura pela atividade adequada a esse período tão importante na vida da criança.

Então, continue a sua leitura para saber mais sobre o processo de alfabetização e para conferir as diferentes atividades para você diversificar, enriquecer e tornar a aprendizagem das crianças muito mais divertida.

Mas o que é alfabetização?

alfabetização-o-que-é

A alfabetização é extremamente importante para o desenvolvimento infantil.

O ato de nos comunicarmos através da leitura e da escrita faz parte da nossa vida cotidiana então, aprender a ler e escrever é fundamental para que a criança compreenda o mundo a sua volta e também se sinta pertencente a ele.  

A alfabetização nada mais é do que a aprendizagem do alfabeto e de sua utilização.

Consiste em a criança compreender que as letras são códigos de comunicação, e que a escrita é a representação da fala.

Alfabetização significa então, a habilidade de decodificar a língua oral em língua escrita.

A alfabetização é um processo e cada criança tem o seu tempo para desenvolver por completo essa habilidade.

E é aí que entram as atividades de alfabetização.

As atividades de alfabetização são ferramentas para auxiliar as crianças a compreender todos os processos desta fase como: aprender as letras do alfabeto, as vogais e consoantes, juntar e formar as sílabas, formar as palavras e depois as frases que serão usadas na escrita e leitura. 

Sendo a alfabetização um processo, as atividades também precisam seguir uma ordem, partindo do mais simples ao mais complexo, como por exemplo, do reconhecimento das letras do alfabeto até a escrita das frases. 

CLIQUE aqui ter à sua disposição centenas de atividades para auxiliar na Alfabetização dos pequenos, TODAS EDITÁVEIS, com CABEÇALHO e com os CÓDIGOS DA BNCC.

O que saber antes de começar a Alfabetizar?  

o-que-preciso-saber-para-alfabetizar

Uma das maiores expectativas dos pais, quando a criança inicia na escola é em relação à sua alfabetização é:

  • Quando vai iniciar a alfabetização do meu filho?
  • Quando ele vai aprender as letras?
  • Quando vai escrever e ler?

Porém, o que muitos pais não sabem é que a alfabetização começa muito antes da criança entrar para a escola, começa já em casa.

Antes de ser alfabetizada a criança precisa ter desenvolvido diferentes habilidades motoras e espaciais, precisa estar com os sentidos aguçados e também ter bem desenvolvida a sua linguagem e expressividade bem como a sua curiosidade e sua percepção de mundo.

É importante ter a clareza que pular essas etapas podem prejudicar o desenvolvimento da criança.   

Além disso, é através de diferentes estímulos que a alfabetização de fato acontece, pois eles envolvem os sentidos por meio da linguagem, da visão e do tato.

É muito importante destacar aqui que as diferentes atividades e jogos por si só não garantem a alfabetização, é necessário também estímulo e a intervenção correta dentro de um ambiente pensado, organizado e preparado para tal.

A alfabetização acontece em um ambiente alfabetizador.

CLIQUE aqui para ter atividades para usar o ano inteiro com seus alunos.

O que é um ambiente alfabetizador?

ambiente-alfabetizador

Como já foi dito, cada criança tem um tempo para se alfabetizar mas, sabemos que os estímulos somam muito nesse processo. Veja só os exemplos abaixo:

Eduardo tem 4 anos e mora no centro de sua cidade.

Ele é filho único de um casal jovem que trabalha muito para dar todo o conforto e atender a todas as necessidades de Eduardo.

A mãe de Eduardo trabalha em casa e além de cuidar do Eduardo ela precisa cuidar de todas as tarefas da casa.

Eduardo passa então grande parte do seu dia em frente à televisão ou celular com conteúdos nada educativos.

Já os pais de Sofia, além de trabalharem muito também para garantir o conforto e as necessidades de Sofia, compreendem que precisam fazer mais, precisam participar da educação da filha e estão sempre preocupados com o tipo de estímulo que vão proporcionar à ela.

Os livros sempre estiveram presentes na vida de Sofia.

Sofia ouve muitas histórias, músicas e já demonstra grande curiosidade pelo mundo letrado pois as letras fazem parte de seu cotidiano, estão presentes não só nos seus inúmeros livros  como na parede de seu quarto e em algumas atividades que os pais de Sofia imprimem para ela realizar.

Vejam só, analisando agora os dois exemplos, qual criança terá mais facilidade em seu processo de alfabetização? Eduardo ou Sofia?

A segunda criança tende a desenvolver a alfabetização muito mais rápida e com maior facilidade.

Hei Profe, pare de perder horas e horas elaborando seu plano de aula. CLIQUE aqui para ter atividades educativas para usar o ano inteiro com seus alunos.

Televisão e celular tendem a ser prejudiciais ao processo de alfabetização

Uma criança que passa horas e horas em frente a televisão ou celular com jogos ou vídeos sem sentido e que não tem um estímulo adequado, provavelmente terá muito mais dificuldades em sua alfabetização e levará muito mais tempo para adquirir todas essa aprendizagem do que uma criança que é estimulada desde bebê com muitas músicas, leitura e diálogo em família.

Ou seja, mesmo ambas tendo a mesma idade, o ambiente em que elas vivem favorecerá ou não o seu desenvolvimento.

Muitas pessoas acreditam que a alfabetização só deve acontecer na escola mas isso não é verdade.

Ela deve começar em casa. Escola e família precisam andar juntas.

É preciso despertar nas crianças o interesse pela leitura e por esse universo das letras desde muito pequenas através de diferentes meios: através da exploração dos livros, da leitura de histórias, através do contato com letras móveis emborrachadas ou de madeira, através de alfabetos expostos na parede, diferentes atividades impressas, através também de muita conversa, diálogo e música onde a criança consegue desenvolver perfeitamente sua linguagem para posteriormente estabelecer relações entre sons e letras.  

CLIQUE aqui para conhecer o material de alfabetização validado por mais de 5.300 pais e professores.

Mas por onde começar a alfabetização?

Sabemos que os estímulos devem começar desde muito cedo, é na primeira infância que a criança realiza seu maior desenvolvimento cerebral, então quanto mais estímulos recebe mais seus cérebro irá se desenvolver e se preparar para os mais diversos conhecimentos ao longo da vida.

Mas calma, se você ainda nem começou, nada de pânico, nem tudo está perdido!

Vou deixar algumas dicas importantíssimas para você começar hoje mesmo e proporcionar ao seu pequeno experiências muito enriquecedoras.

10 Dicas para desenvolver a alfabetização

Bem, vimos até aqui que para ser alfabetizada a criança precisa percorrer um caminho, um caminho cheio de estímulos que auxiliarão a criança neste processo.

Agora quero compartilhar com vocês algumas práticas importantíssimas de serem trabalhadas antes da alfabetização.

Uma das melhores formas de desenvolver a alfabetização das crianças é através do imaginário, do lúdico, da brincadeira e da fantasia.

A criança precisa brincar para se desenvolver e é através da brincadeira que ela vai realizar seus maiores aprendizados.

Portanto, pais e professores têm em mãos essa grande ferramenta e podem explorar de diferentes formas, como através de histórias, músicas, jogos e atividades.

Confira as 10 ideias que o lobato com a ajuda do espaço alfa preparou para você.  

Se quiser saber mais sobre o espaço alfa, clique aqui.

Incentivo a leitura

incentivando-a-leitura-infantil

Comece hoje mesmo! Inicie por um gostoso momento de leitura com seu pequeno.

Use a sua criatividade e organize um espaço aconchegante, uma cabana de lençóis por exemplo, com almofadas e alguns livros.

Escolha com seu/sua filho/a uma história e realizem a leitura juntos.

Os livros são peças fundamentais para o desenvolvimento infantil.

São inúmeras as pesquisas que comprovam que ler aumenta as conexões neurais, fazendo com que o cérebro funcione melhor.

A leitura é um hábito muito enriquecedor que traz muitos benefícios para a criança, desenvolvendo inúmeras habilidades na infância, não só para a alfabetização, mas também exercita o cérebro e promove o desenvolvimento da criatividade, do pensamento lógico, da imaginação, da concentração e da memorização, amplia o vocabulário e o conhecimento.

Também promove o autoconhecimento e desenvolve o senso crítico e a tomada de decisões ao se deparar com a história e as características de cada personagem.

Por fim a leitura entretém, relaxa, acalma, convida a criança a mergulhar em um universo cheio de fantasia, de aventura e encantamentos.

Então, faça deste momento um hábito, que a leitura em família vire rotina na sua casa.   

CLIQUE aqui para conhecer as melhores atividades de alfabetização que segue os critérios da BNCC.

Brincando com as letrinhas

brincando-com-letras

Antes de querer que a criança começe a escrever cada letrinha com o lápis é necessário que ela conheça bem cada traçado através da manipulação e exploração das suas formas.

Várias são as dicas para desenvolver essa habilidade e permitir que a criança possa sentir cada letra refazendo e criando com diferentes materiais como:  modelagem com argila ou massinha das letras, construção do alfabeto com palitos, contorno das letras com tintas, pedrinhas, grãos, sementes, barbantes, papel picado, e outros.

Que tal levar essa aprendizagem para a cozinha e fazer biscoitos no formato de cada letrinha, as crianças amam preparar diferentes receitas na cozinha!

Vou deixar aqui a receitinha para você fazer em casa com seus filhos a sua massinha de modelar e também seus biscoitinhos em forma de letrinhas.

É garantia de muita diversão e aprendizagem e também uma excelente oportunidade de passar um tempo de qualidade com seu pequeno.

CLIQUE aqui para ter atividades para usar o ano inteiro com seus alunos.

Massinha de Modelar Caseira 1 xícara de sal de cozinha 4 colheres de farinha de trigo 2 colheres de óleo 1 colher de vinagre 1 ½ xícara de água Corantes alimentícios ou suco em pó nas cores de sua preferência Modo de fazer: misture todos os ingredientes em uma bacia e amasse com as mãos até a massa ficar bem homogênea e lisinha.
Biscoitinhos do Alfabeto 500 gramas de amido de milho 1 lata de leite condensado 200 gramas de margarina sem sal Modo de fazer: Misture todos os ingredientes em uma tigela até desgrudar das mãos. Agora é só modelar cada letrinha e colocá-las em uma forma untada. Leve ao forno por cerca de 15 minutos. 

Músicas e Jogos de palavras e rimas

musicas-jogos-de-palavras-e-rimas

As rimas são palavras que combinam, que apresentam sons idênticos ou semelhantes geralmente na sílaba final das palavras.

As rimas são excelentes para auxiliar as crianças em seu desenvolvimento linguístico, em sua habilidade de manipular os sons que compõem cada sílaba de uma palavra.

Brincar com rimas é muito divertido pois além de contribuir na consolidação do seu processo de alfabetização, desenvolve a criatividade e o pensamento lógico.

São inúmeras as possibilidades de se trabalhar com as rimas com as crianças, através de músicas, poemas, jogos ou brincadeiras com a família.

Como a música “A Casa” de Toquinho e Vinícius de Moraes e o poema “Macaco” de Ruth Rocha  

A CASA (TOQUINHO E VINÍCIUS DE MORAES) ERA UMA CASA MUITO ENGRAÇADA NÃO TINHA TETO NÃO TINHA NADA NINGUÉM PODIA ENTRAR NELA NÃO PORQUE NA CASA NÃO TINHA CHÃO NINGUÉM PODIA DORMIR NA REDE PORQUE NA CASA NÃO TINHA PAREDE NINGUÉM PODIA FAZER PIPI PORQUE PENICO NÃO TINHA ALI MAS ERA FEITA COM MUITO ESMERO NA RUA DOS BOBOS, NÚMERO ZERO.
MACACO (RUTH ROCHA)   UM MACACO TÃO MALUCO METE MEDO NO MATUTU   UM MACACO TÃO MATREIRO METE MEDO NO MINEIRO   UM MACACO TÃO MANHOSO METE MEDO NO MEDROSO

Outra possibilidade são as atividades e jogos onde a criança precisa fazer a leitura das diferentes palavras ou imagens e identificar as que rimam pela observação e escuta atenta do som de cada palavra. Veja só alguns exemplos.

CLIQUE aqui para ter atividades educativas para usar o ano inteiro com seus alunos.

Atividade de alfabetização gato rima com…

atividade-de-alfabetização-rima-gato

Atividade de alfabetização sereia rima com…

atividade-de-alfabetização-rima-sereia

Atividade de alfabetização gigante rima com…

atividade-de-alfabetização-rima-gigante

Brincadeiras em família também são muito divertidas como por exemplo jogo de palavras onde um inicia dizendo uma palavra e os outros devem continuar o jogo falando palavras que rimam.

A brincadeira é bem simples, é só ir falando tudo o que rima até que não se encontrem mais palavras, partindo assim para outras palavras.

Como por exemplo a palavra cão, que rima com sabão, pão, feijão, pião, mão.

A palavra amar, que rima com andar, falar, cantar, caminhar, sonhar, brincar, …

Passeando e procurando as letras

procurando-letras

Essa brincadeira é muito divertida pois pode ser realizada em diferentes espaços, tanto em casa como em lugares abertos.

As ruas estão cheias de placas de trânsito, outdoors, letreiros e cartazes. Uma grande dica é em seu passeio perguntar para a criança quais letras ela consegue visualizar e identificar durante o passeio.

Desafie a criança, por exemplo, a encontrar a letrinha do seu nome (letra inicial) em alguma placa, depois a letrinha do nome da mamãe, do papai, da vovó, do vovô, etc.

Outro exemplo pode ser o desafio de encontrar as vogais ou então a contar quantas vogais tem em determinada placa, como por exemplo a placa de trânsito PARE.

Os supermercados são ótimos lugares para essa brincadeira pois contém inúmeras placas, cartazes e rótulos.

Outro ambiente riquíssimo é a cozinha de casa, onde a criança poderá procurar pelas letrinhas do seu nome, nos rótulos dos diferentes alimentos.

Você poderá propor também para a criança encontrar e recortar nas diferentes embalagens dos alimentos, as letrinhas do seu nome.

Lembre-se sempre de ler a palavra para a criança para que ela consiga já fazer suas primeiras associações, como por exemplo, que sua letrinha não pertence apenas ao seu nome, não é exclusivamente do seu nome, que essas letras estão em seu nome mas também em diferentes palavras. 

Hei Profe, pare de perder horas e horas elaborando seu plano de aula. CLIQUE aqui para ter atividades educativas para usar o ano inteiro com seus alunos.   

Desenhando as letras

desenhando-as-letras

Essa proposta é muito lúdica e divertida, as crianças adoram! Lance para a criança como um grande desafio.

As crianças, no geral, adoram desafios e se empenham muito para tentar realizá-los corretamente.

O desafio é escrever o alfabeto utilizando diferentes meios como: escrever as letras do alfabeto em um prato com farinha, ou açúcar, ou até mesmo areia.

É só fazer uma letrinha de cada vez com o dedinho e ir “apagando” ao mexer o prato.

Outra dica de desafio também é escrever as letras do alfabeto na areia do parquinho com o dedo ou utilizando um pequeno graveto e também escrever com giz de quadro no chão da calçada, ficando alí seu lindo registro até a próxima chuva. 

Letras no teclado

letras-no-teclado

Essa proposta também desperta muito a atenção dos pequenos pois envolve algo que eles realmente adoram, os computadores e notebooks.

A ideia é digitar no teclado as diferentes palavras.

Abra o bloco de notas ou um documento do word e deixe a criança brincar, experimentar, conhecer e aprender com essa ferramenta.

A criança desenvolve inúmeras habilidades nesta tarefa.

Muito além da alfabetização, a criança desenvolve a atenção e  percepção, a coordenação motora e o raciocínio lógico.

Comece digitando a sequência alfabética, depois o seu nome, o nome da mamãe, do papai, da vovó e vovô, para depois iniciar algumas palavras simples com duas ou três sílabas como bolo, mesa, sapo, cavalo, sapato, etc.   

CLIQUE aqui para ter atividades educativas para usar o ano inteiro com seus alunos.

Palavras do cotidiano

palavras-do-cotidiano

É possível auxiliar a criança em sua alfabetização com algumas atividades do cotidiano familiar? A resposta é sim!

Algumas atividades simples do nosso dia a dia são perfeitas para auxiliar a criança na aquisição da leitura e escrita, além de fazê-las compreender a função das mesmas na comunicação. 

A dica é envolver as crianças nas diferentes atividades de casa.

Deixar que a criança faça a lista de compras do supermercado ou então a lista com os nomes dos convidados para a festa de aniversário, é uma ótima ideia para praticar a escrita e desenvolver a oralidade.

Ler os diferentes ingredientes da receita que está sendo preparada também é uma excelente oportunidade de praticar a leitura.

Também, deixar recadinhos e bilhetes na porta da geladeira, escrever uma carta ou fazer um lindo cartão para a vovó ou vovô, além do desenho a criança poderá escrever um pequeno poema ou uma mensagem de carinho. 

Letras, muitas letras

letras

A criança em fase de alfabetização precisa ter contato com as letras. Letras em diferentes formas, texturas e tamanhos.

Sabemos que a criança aprende muito através do concreto então ela precisa estar rodeada de letras móveis que a permitam sentir, explorar, manusear e criar.

Várias são as possibilidades, além das letrinhas que você pode comprar em madeira, eva, plástico ou imã, existem outras formas e materiais que você mesmo poderá usar para fazer o alfabeto para a criança como alfabeto em tampinhas de garrafa ou o alfabeto pintado em pedras.    

Hei Profe, pare de perder horas e horas elaborando seu plano de aula. CLIQUE aqui para ter atividades educativas para usar o ano inteiro com seus alunos.

Converse, invente histórias e cante

conversar-contar-historias-e-cantar

Converse com a criança, pergunte a ela como foi o seu dia na escola ou peça para que ela te conte sobre o desenho que ela desenhou no papel ou o desenho que ela assistiu na televisão.

Peça para que ela te conte uma história através do livro de imagens, ou invente outro final para aquela história que ela adora ouvir antes de dormir, incentive sua criatividade e imaginação.

E o mais importante, cante muito, cante junto, cante alto.

A música é o maior estímulo à linguagem pois encanta, envolve, desperta sentimento.

Ao cantar ou conversar com a criança estamos incentivando e desenvolvendo sua linguagem, estamos inserindo novas palavras, novos sons no seu repertório e isso naturalmente é um grande estímulo à sua alfabetização.

Quanto maior for o repertório de palavras da criança, mais fácil se dará a sua alfabetização.

CLIQUE aqui para ter atividades educativas para usar o ano inteiro com seus alunos.

Atividades e Jogos

atividades-e-jogos-com-letras

As atividades e jogos com letras, sílabas e palavras são fundamentais e um ótimo recurso para auxiliar na aprendizagem.

Muitos são as atividades e jogos como caça-palavras, cruzadinhas, jogo da memória, quebra-cabeças, bingo, entre tantos outros.

Lembre-se de selecionar e utilizar atividades e jogos com imagens, com recursos visuais.

As imagens precisam fazer parte, principalmente para as crianças que estão iniciando sua alfabetização, pois estimulam os sentidos da visão e audição, despertam a curiosidade e auxiliam a criança a memorizar e a realizar  associações mais facilmente entre a imagem e a escrita.

Veja abaixo algumas sugestões de atividades e jogos que o Blog preparou para você. Propostas divertidas e lúdicas e que vão auxiliar a criança em seu processo de alfabetização.

Hei Profe, pare de perder horas e horas elaborando seu plano de aula. CLIQUE aqui para ter atividades educativas para usar o ano inteiro com seus alunos.

Atividade de alfabetização alfabeto

atividade-de-educação-infantil-alfabeto

Sabemos que a criança aprende muito mais através de atividades lúdicas pois despertam sua atenção e concentração.

Um dos maiores desafios dos professores é combinar a aprendizagem com o lúdico.

O Jogo da Memória é um excelente recurso pedagógico pois une o lúdico à aprendizagem, tornando tudo mais divertido.

Além é claro de desenvolver a percepção, a memória visual, a concentração e a confiança.

Neste jogo a criança precisa encontrar os pares fazendo associações entre imagem e letra inicial.

CLIQUE aqui para ter atividades educativas para usar o ano inteiro com seus alunos.

Atividade de alfabetização centopeia

atividade-de-educação-infantil-alfabeto-centopeia

A aprendizagem e memorização das letras do alfabeto, quanto à forma, nome e som, bem como sua sequência alfabética é fundamental para iniciar seu processo de alfabetização.

Esta atividade envolve a capacidade da criança em identificar as letras do alfabeto e organizá-las em sua sequência alfabética.

Uma dica para pais e professores é solicitar que a criança, ao identificar cada letrinha, diga o nome e realize o som da mesma.

Atividade de alfabetização jogo do alfabeto

atividade-para-educação-infantil-jogo-alfabeto

Este jogo é garantia de diversão! Crianças adoram jogos com dados e desafios, além de divertir, promovem o desenvolvimento cognitivo e social.

Pode ser jogado entre duas ou mais crianças.

Cada uma deve jogar o dado, pular as casinhas de acordo com a quantidade e responder corretamente o desafio daquela casa.

Os desafios envolvem o reconhecimento das letras do alfabeto, seu som e a associação de palavras de acordo com sua letra inicial.     

Hei Profe, pare de perder horas e horas elaborando seu plano de aula. CLIQUE aqui para ter atividades educativas para usar o ano inteiro com seus alunos.

Atividade de alfabetização pinte as vogais

atividade-para-educação-infantil-pinte-as-vogais

Atividade de alfabetização colorindo

atividade-para-educação-infantil-colorindo

Crianças adoram colorir! Atividades de colorir são muito atrativas para os pequenos e despertam sua curiosidade. Essas atividades envolvem a identificação das “letrinhas mágicas”, as vogais.

Pode-se fazer essa brincadeira com as crianças, associando as vogais com “letrinhas mágicas” por elas estarem presentes em todas as palavras da nossa língua portuguesa.

Desta forma a criança envolve-se nesta aventura e fantasia e a aprendizagem se dá naturalmente.

As vogais são muito importantes pois elas são as peças chaves das palavras, pois elas juntam-se a outras vogais ou consoantes para formar cada sílaba, cada pedacinho de uma palavra.

Atividade de alfabetização quebra-cabeça das vogais

atividade-para-educação-infantil-quebra-cabeça-das-vogais

Jogos de quebra-cabeça são importantíssimos na infância pois estimulam as conexões neurais do cérebro e também propiciam o relaxamento.

Jogos de quebra-cabeça envolvendo vogais, sílabas e palavras são ótimos recursos para a alfabetização, pois desenvolvem a coordenação motora, a percepção e raciocínio lógico, a oralidade, a assimilação de letra e imagem e a consciência silábica e consciência de palavras em relação a ordem das letras e também a quantidade de letras e sílabas da palavra.

Atividade de alfabetização cruzadinha de vogais

atividade-para-educação-infantil-cruzadinha-das-vogais

Atividade de alfabetização ligando palavras

atividade-para-educação-infantil-ligando-palavras

Atividades de caça-palavras, cruzadinhas, ditados e enigmas, são ótimos recursos pois a criança aprende se divertindo com os diferentes desafios.

Aqui a criança percebe a palavra como um todo, através da junção das letras e também das sílabas, ou seja, unindo determinadas letras eu formo sílabas e unindo determinadas sílabas eu formo as palavras. 

Atividade de alfabetização consciência fonêmica parte1

atividades-de-alfabetização-consciência-fonêmica-1

Atividade de alfabetização consciência fonêmica parte 2

atividades-de-alfabetização-consciência-fonêmica-2

A consciência fonêmica é uma habilidade muito importante a ser desenvolvida durante o processo inicial de alfabetização e consiste em ensinar os sons das letras e palavras.

É um passo importante para a alfabetização, pois antes de aprender a ler e escrever a criança precisa ter consciência de que as palavras são compostas por sons e que mudando a letra de uma palavra, muda-se também o som.

Portanto, a consciência fonêmica é muito importante para que a criança aprenda que as palavras são divididas em pequenas unidades de som, para que a criança seja capaz de ouvir, reconhecer e manipular os sons da fala.

O Jogo Roleta do Alfabeto tem por objetivo identificar o som de cada letra e fazer associações em relação ao som inicial de cada palavra.

Esta atividade permite o desenvolvimento da linguagem, da capacidade auditiva, e da consciência fonêmica.  

Hei Profe, pare de perder horas e horas elaborando seu plano de aula. CLIQUE aqui para ter atividades educativas para usar o ano inteiro com seus alunos.

Atividade de alfabetização consciência silábica

A consciência silábica é também outra habilidade a ser desenvolvida no processo de alfabetização.

A consciência silábica consiste em a criança aprender a manipular as diferentes sílabas e compreender que as sílabas são pedacinhos de uma palavras e que elas podem estar em diferentes palavras, seguindo uma ordem de acordo com  o som.

São várias as atividades que auxiliam a criança a desenvolver a habilidade da consciência silábica. As atividades devem levar a criança a compreensão de que:

  • Uma palavra pode ter uma ou várias sílabas. Atividades que envolvem a contagem das sílabas (com os dedinhos, palminhas, massinha de modelar ou bolinhas de papel, etc) são fundamentais.
  • As sílabas não são propriedades de uma única palavra. Que as sílabas podem estar em diferentes palavras e em diferentes posições como a sílaba BO que pode estar no início da palavra BOLO e no final da palavra LOBO.
  • É possível acrescentar ou tirar sílabas de uma palavra e formar assim, novas palavras. Como na palavra SAPATO, seu eu tirar o SA formarei outra nova palavra, a palavra PATO. E na palavra DADO, seu eu acrescentar a sílaba SOL eu terei uma nova palavra, a palavra SOLDADO. Veja só abaixo, os exemplos de atividades para trabalhar essas diferentes percepções: 

Atividade de alfabetização sílabas

Atividades-de-alfabetização-sílabas

Atividade de alfabetização sons

Atividades-de-alfabetização-som

A importância das atividades de alfabetização com letras

Atividades envolvendo o reconhecimento e treino da letra cursiva são fundamentais no processo de alfabetização. A criança precisa ter contado com todos os tipos de letras.

A letra bastão é mais fácil devido ao seu traçado com linhas retas, portanto, a letra cursiva deve então ser apresentada à criança depois que ela estiver mais avançada.

A letra cursiva apresenta um grau de dificuldade tão grande para a criança que o treino do seu traçado desenvolve a coordenação motora e também desperta na criança o cuidado, a calma e a disciplina ao tentar reproduzir seu traçado corretamente.    

Então, sabemos que a letra cursiva, bem como atividades envolvendo leitura de pequenos textos e interpretação são fundamentais para a concretização da aprendizagem.

Portanto, devem ser realizadas quando a criança estiver em um nível mais avançado de sua alfabetização.

Ou seja, quando a criança já tiver dominado a aprendizagem da letra bastão, bem como a consciência fonêmica e a consciência silábica descritas acima.

Muitas são as atividades que podemos estar desenvolvendo com as crianças.

Quando o assunto é alfabetização, temos um leque de possibilidades, diferentes atividades que auxiliam a desenvolver todas as diferentes habilidades necessárias para uma alfabetização positiva e de qualidade.

Tanto as brincadeiras como as atividades e jogos são ferramentas maravilhosas para auxiliar a criança nesse processo.

Cabe aos professores e pais identificarem o nível de conhecimento da criança e saber qual atividade seria adequada para ela em cada momento.

Aqui no Lobato você encontra várias dicas super importantes para tornar essa aprendizagem tão importante, muito prazerosa e divertida para as crianças.

Hei Profe, pare de perder horas e horas elaborando seu plano de aula. CLIQUE aqui para ter atividades educativas para usar o ano inteiro com seus alunos.

Planejando as atividades de alfabetização

Continue a leitura e não deixe de conferir nosso artigo sobre atividades para educação infantil e ficar por dentro de todas as dicas.

atividade-de-alfabetização

Como já foi dito, cada criança tem seu tempo de aprender e o seu tempo para se alfabetizar, tudo vai depender dos diferentes estímulos que ela recebeu durante os seus primeiros anos de vida.

Antes de planejar e buscar por cada atividade, deve-se primeiro saber em que nível a criança se encontra, deve-se se fazer um diagnóstico inicial do processo de alfabetização de cada criança.

Crianças da mesma idade podem estar em níveis diferentes, dependendo dos estímulos que cada uma recebeu.

Esse diagnóstico inicial é de extrema importância para o sucesso na alfabetização, pois tanto os professores como os pais poderão selecionar as diferentes propostas de alfabetização.

Tudo de acordo com o nível em que cada criança se encontra e então, partir deste ponto, deste princípio para iniciar o processo de alfabetização dos mesmos.

Sabendo da relevância desses dados, vamos deixar tudo bem explicadinho para você. Entenda um pouco mais sobre cada nível de escrita para você planejar as suas atividades de alfabetização.  

CLIQUE aqui para ter atividades educativas para usar o ano inteiro com seus alunos.

Atividades de Alfabetização: entenda todo o processo e os níveis de escrita

atividades-de-educação-infantil

O processo de desenvolvimento da alfabetização e da  linguagem escrita começa por volta dos 3 ou 4 anos de idade.

Esse é o momento onde a criança inicia suas primeiras percepções e começa a se interessar pelo mundo letrado, ou seja, a criança demonstra interesse e curiosidade em relação às letras, palavras e  números.

É muito importante que não só a leitura, mas a escrita esteja presente na vida da criança antes mesmo que ela aprenda a escrever de fato. Como assim?

O fato é que, muito antes da criança compreender o sistema alfabético como um todo, ela já começa a levantar hipóteses, fazer suas percepções e correspondências sobre a escrita.

A criança realiza suas próprias interpretações e associações e inicia seu processo de alfabetização realizando suas primeiras tentativas de escrita, o que denominamos de escrita espontânea.

Por fim, a escrita espontânea diz muito sobre o processo de alfabetização da criança, pois são tentativas de escrita que a criança realiza logo no início de sua alfabetização. 

Hei Profe, pare de perder horas e horas elaborando seu plano de aula. CLIQUE aqui para ter atividades educativas para usar o ano inteiro com seus alunos.

É importante também deixar a criança livre para fazer as atividades de alfabetização

A criança utiliza-se de seus conhecimentos prévios e, suas produções gráficas muitas vezes, dá-se através de rabiscos, bolinhas e desenhos.

Portanto, é necessário deixar a criança livre para escrever, escolher as letras e colocá-las na sua ordem.

Em alguns casos, a criança fará associações entre o tamanho do objeto à quantidade de letras, como por exemplo para escrever o nome dos animais FORMIGA e BOI, a criança poderá utilizar-se de 2 ou 3 letras para escrever a palavra FORMIGA e de 9 ou 10 letras para escrever a palavra BOI.

Por vezes também a criança poderá usar apenas as vogais ou então, apenas as consoantes para escrever determinadas palavras.

A escrita espontânea se torna uma importante estratégia pedagógica.

Assim, cabe ao alfabetizador a tarefa de mediar e propor diferentes atividades que levem a criança a explorar essa escrita espontânea.

Isso porque é a partir dela, desta escrita despretensiosa e sem preocupação com o erro, desta escrita por meio de hipóteses e ideias, que a criança vai desenvolvendo sua compreensão do sistema alfabético e vai dando início à sua alfabetização.

CLIQUE aqui para ter atividades educativas para usar o ano inteiro com seus alunos.

A criança necessita de um mediador para orientação e correção

O alfabetizador deve mediar esse processo sem o intuito de corrigir as palavras erradas e sim compreender através da escrita espontânea a fase em que a criança está e realizar suas intervenções a partir dali, propondo atividades desafiadoras para a criança então, avançar gradativamente nesse processo.

Neste sentido, o alfabetizador deve orientar a criança a refletir sobre suas produções escritas, comparando suas escritas com as escritas dos seus colegas e também com a forma ortográfica da palavra.

Várias são as situações que podem ser propostas à criança para desencadear a escrita espontânea.

Pode-se dizer que tudo o que é dito e combinado com a criança, suas falas e histórias do dia a dia, podem ser motivo para a escrita espontânea.

Por exemplo, a criança ouviu uma história e vai realizar um desenho sobre a mesma.

É possível então propor que ela escreva o nome do personagem que mais gostou, que mais lhe chamou a atenção, o título da história ou então, o nome do animal que apareceu durante a história.

Portanto, através da escrita espontânea o alfabetizador consegue identificar o nível em que cada criança se encontra em seu processo de alfabetização.

Antes de dominar a habilidade da escrita, a criança passa por alguns níveis de escrita, seguindo um processo, uma linha evolutiva de aprendizagem.

São 4 os níveis de escrita: pré-silábico, silábico, silábico alfabético e alfabético.

Então vamos lhe mostrar cada um desses diferentes níveis de escrita que a criança passa ao longo de seu processo de alfabetização:

NÍVEL PRÉ-SILÁBICO

O nível pré-silábico é o primeiro nível dos quatro níveis de escrita.

Neste nível, a criança ainda não reconhece as letras do alfabeto, não domina o uso das letras, ainda que já tenha consciência de que utilizamos a escrita para nos comunicar.

Neste período então, a criança não relaciona a escrita com a fala, escrever e desenhar tem o mesmo significado.

Além disso, a criança irá utilizar-se de algumas letras (as letras que já conhece, como as do seu nome por exemplo), números e desenhos como registros de escrita.

Nessa fase, a criança acredita que coisas grandes precisam ter um nome grande e coisas pequenas precisam ter um nome pequeno, é o chamado realismo nominal.

Então veja alguns exemplos de atividades para estimular a criança em nível pré-silábico:

Atividade de alfabetização sequência do alfabeto
atividades-de-alfabetização-sequência-do-alfabeto
  • Atividades onde a criança precisa distinguir e separar letras de desenhos e números.
  • Atividades onde a criança precisa reconhecer as letras do alfabeto e a sua sequência alfabética.     

NÍVEL SILÁBICO

O nível silábico é a fase da organização e das primeiras associações.

Nesta fase, a criança já supõe que a escrita representa a fala.

Além disso, ela começa a compreender e relacionar letras e fala, palavras e sons, percebe que as palavras estão relacionadas aos aspectos sonoros da fala.

Aqui a criança começa a aprender como usar as letras, como organizá-las procurando correspondências entre letras e fala, ainda que ela use uma letra para cada palavra. 

Então veja alguns exemplos de atividades para estimular a criança em nível silábico:

Atividade de alfabetização letras vogais
atividades-de-alfabetização-letras-vogais
Atividade de alfabetização letras iniciais
atividades-de-alfabetização-letras-iniciais
  • Atividades onde a criança precisa reconhecer a primeira letra, a letra inicial das palavras.
  • Atividades onde a criança precisa reconhecer o som das letras.
  • Atividades onde a criança precisa contar o número de letras das palavras.

NÍVEL SILÁBICO ALFABÉTICO

Neste nível a criança já relaciona sílabas e letras.

Ao compreender que a escrita representa os sons da fala, a criança começa a realizar suas primeiras combinações silábicas.

Isso porque já combina as vogais com as consoantes e pode dar ênfase a escrita dos sons só das vogais.

Ou então só das consoantes, como por exemplo na palavra CABELO ela pode escrever KBLO e para MACACO ela pode escrever MAKCO.

Aqui também a criança inicia suas primeiras leituras de palavras simples. 

Então veja alguns exemplos de atividades para estimular a criança em nível silábico alfabético:

Atividade de alfabetização caligrafia sílabas
atividades-de-alfabetização-caligrafia-silabas
Atividade de alfabetização complete
atividades-de-alfabetização-complete
Atividade de alfabetização complete a palavra
atividades-de-alfabetização-complete-a-palavra
  • Atividades onde a criança precisa identificar o número de sílabas das palavras
  • Atividades onde a criança precisa identificar e completar as diferentes palavras com as sílabas que faltam.
  • Atividades onde a criança precisa formar diferentes palavras com variadas sílabas.

NÍVEL ALFABÉTICO

O último nível de escrita, pois aqui a criança compreende o código da escrita, o seu uso social de comunicar.

Além disso, a criança passa a compreender e reproduzir todos os fonemas, percebendo que as sílabas podem ter uma, duas ou três letras.

Nesta fase, a criança já mostra-se capaz de fazer leituras mais complexas e produzir textos separando corretamente as palavras ao escrever frases e preocupando-se com a ortografia correta.  

Então veja alguns exemplos de atividades para estimular a criança em nível alfabético:

Atividade de alfabetização forme palavras
atividades-de-alfabetização-forme-palavras
  • Atividades onde a criança precisa identificar e separar as sílabas e perceber palavras dentro de outras palavras.
  • Atividades onde a criança precisa identificar, compreender, organizar, ler e escrever frases

Essas são as 4 hipóteses de escrita pelas quais as crianças passam em seu processo de alfabetização.

Professores e alfabetizadores precisam conhecer essas fases e se basear nelas para propor diferentes atividades que estimulem a criança a evoluir e aprender.

Ademais, estudos mostram que a maioria das crianças com 6 anos de idade já sabem distinguir desenho de palavras.

Além disso, as crianças que ainda não desenvolveram essa habilidade são crianças que não receberam estímulos, não tiveram contato com diferentes materiais escritos.

Portanto, quanto mais estímulos a criança receber, mais fácil será esse processo.

Mas os estímulos precisam ser adequados aos níveis de cada criança, ou seja, às necessidades de cada criança. 

Mas como praticar a escrita com as atividades de alfabetização?

atividades-de-alfabetização-caligrafia

Primeiramente, a criança precisa ter consciência de dois fatos: que a escrita faz parte da nossa vida cotidiana, que a utilizamos para nos comunicar e transmitir o nosso pensamento e que ao reconhecermos os seus sinais gráficos, podemos ler e também produzi-los.

Portanto, o contato com a escrita deve estar sempre presente no cotidiano da criança.

Então algumas práticas são fundamentais e muito importantes neste período de “descoberta” da escrita e servem de grande estímulo para a criança:

  1. A criança deve ter contato com a escrita. Sabemos que é muito importante disponibilizar-mos à criança diferentes materiais impressos como livros, revistas e jornais, para que ela possa explorar e manusear livremente. Porém, é necessário também, mostrar a criança que ali, além das imagens há muitas letras também. A escrita precisa ser “apresentada” à criança. Por vezes a criança manipula e folheia os livros mas só se atenta às imagens ali presentes pois não compreende seu verdadeiro sentido. Pais e educadores precisam chamar a atenção da criança para a presença da escrita e explicar a sua função.
  2. Leia para a criança em voz alta, mostrando cada palavra. Leia diferentes materiais como livros, bilhetes, rótulos, receitas, outdoors, cartas, jornais, placas, etc.
  3. Incentive a escrita, escreva junto com a criança. Façam cartões de aniversário, bilhetes, lista de compras do supermercado, criem histórias ou até um diário pessoal, relatando ali, as aventuras e descobertas do dia.

Respeitando o ritmo da criança

O processo de alfabetização infantil é de fato um momento muito mágico e importantíssimo na vida da criança.

Mas o ponto principal deste processo e que requer nossa total atenção, é respeitar o ritmo de cada criança.

Portanto, pais e educadores precisam compreender que esse processo é um processo lento e que cada criança tem o seu tempo de aprendizagem.

Isso porque cada criança é única e tem um determinado ritmo que depende de inúmeros fatores como sua maturidade e os diferentes estímulos recebidos.

Começar a ler e escrever mais rapidamente ou mais tardiamente não não tem a ver com seu grau de inteligência e sim com o tempo que cada criança leva para compreender todo esse processo.

Portanto, é preciso um olhar atento e sensível para esse período.

Isso porque, ao apressar, você pode pular etapas importantes no desenvolvimento e acarretar em traumas e dificuldades de aprendizagem.

Dificuldades essas que a criança carregará durante todo seu processo educativo.

Então, não há necessidade de correr e sim de buscar formas de juntar o prazer e a diversão à aprendizagem.

CLIQUE aqui para ter atividades educativas para usar o ano inteiro com seus alunos.

Comece as atividades de alfabetização o quanto antes!

atividades-de-alfabetização-recorta-e-cola

Este artigo mostrou o quão importantes são os diferentes estímulos para o desenvolvimento de diferentes habilidades, inclusive para a alfabetização.

Além disso, esses estímulos já se iniciam em casa antes mesmo da criança ingressar na escola.

Ou seja, quanto antes você iniciar as atividades de alfabetização com a criança, melhor!

As atividades de alfabetização são poderosas ferramentas para o planejamento do alfabetizador pois são carregadas de estímulos e possibilitam uma aprendizagem mais lúdica e divertida.

As atividades de alfabetização nada mais são do que propostas diferenciadas que despertam a curiosidade e o interesse da criança em aprender, em realizar as diferentes propostas.

Além disso, a criança aprende de forma mais leve e divertida, fugindo do tradicional quadro e giz.

Então, aqui neste artigo, você conferiu diferentes propostas de atividades de alfabetização para realizar com a criança.

Não somente na escola, mas também em casa, para desenvolver as habilidades da escrita e leitura.

Conclusão sobre as atividades de alfabetização

Se você gostou do conteúdo sobre as atividades de alfabetização, compartilhe, para que esse artigo chegue a muito mais professores e pais.

Isso porque certamente faz parte de uma educação diferenciada e de qualidade para seus alunos e filhos.

Então, se quiser mais ideias de atividades de alfabetização clique aqui.    

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.