Como aliviar cólica de bebê?

Como aliviar cólica de bebê?

Quer saber como aliviar cólica de bebê?

Apesar das cólicas não indicarem algo grave, os choros e gritos do bebê muitas vezes assustam e tiram o sono dos pais no dia a dia.

Neste artigo, iremos mostrar como aliviar a cólica do seu bebê com algumas estratégias simples que ajudam na hora da crise.

Mas como aliviar cólica de bebê?

É normal o bebê chorar muito quando está sentindo cólica. Portanto, quando o bebê estiver irritado, a primeira coisa que você deve fazer é tentar acalmá-lo.

Então, depois de acamá-lo, aplique as técnicas que falaremos abaixo para o bebê liberar os gases do bebê:

Confira abaixo algumas dicas de como aliviar a cólica do bebê:

dicas-de-como-aliviar-cólica-do-bebê

1- Dê um banho morninho no bebê, isso irá acalmá-lo;

2- Massageie a barriga do bebê com movimentos circulares, usando um óleo de bebê para facilitar os movimentos.

3- Sempre que possível, amamente o bebê, ao invés de dar mamadeira. Lembre-se de sentar-se com a coluna ereta, a fim de evitar que o bebê engula o ar.

4- Se o bebê estiver com fome, alimente-o. Não precisa seguir rigorosamente os horários pré-determinados.

5- Após a amamentação, faça o bebê arrotar, pois isso ajuda a eliminar os gases. Lembre-se de segurá-lo sobre o ombro e dar leves tapinhas nas costas.

6- Coloque uma bolsa de água morna na barriga do bebê;

7- Balance levemente o bebê para acalmá-lo.

8- Escolha uma música com ritmo suave.

9- Segure as perninhas do bebê e faça movimentos de bicicleta. Esses movimentos podem ajudar a eliminar possíveis gases e aliviar a cólica do bebê;

10- Caminhe segurando o bebê perto do seu peito. O contato físico e o leve movimento do caminhar podem fazê-lo se acalmar.

11- Experimente trocar de mamadeira, pois isso pode diminuir a quantidade de ar que ele possa estar engolindo, aliviando a cólica de bebê.

Se quiser se aprofundar ainda mais para eliminar as cólicas do bebê de uma vez por todas, clique aqui.

É importar deixar claro que as 11 técnicas que passamos podem ser aplicadas isoladamente ou em conjunto.

Então, teste-as e veja a que melhor vai funcionar para o seu bebê. Essas foram as 11 dicas de como aliviar cólica de bebê.

Mas como saber se o bebê está com cólica?

como-descobrir-se-o-bebê-esta-com-cólica

Os primeiros sinais de que o bebê está sofrendo de cólicas são o choro e a irritação sem motivo aparente.

As cólicas são mais comuns do que você imagina, pois afetam um em cada cinco bebês, causando grande ansiedade e preocupação nos pais.

A partir da segunda semana, é possível que a cólica comece a aparecer.

Apesar de ser transitória, ela normalmente acaba desaparecendo de forma espontânea entre o terceiro e o quarto mês.

É comum que as cólicas apareçam no finalzinho da tarde e durante a noite.

E com as cólicas vem o choro, a irritação e a agitação, fazendo o bebê ter dificuldades de dormir.

É importante saber diferenciar um choro de fome, de colo ou de troca de fralda com um choro de cólica.

Quando o bebê chora por fome, é só amamentar que o choro passa, assim como quando chora porque quer colo ou está precisando ser trocado.

Mas quando o bebê chora por causa da cólica, este desconforto pode durar por horas, às vezes por semanas, sem que os pais saibam o motivo do choro.

O que é a cólica em bebês e quais são os principais sintomas

A cólica infantil é caracterizada, principalmente, pelo comportamento associado ao ataque de choro forte e à irritabilidade, além dos sintomas que falaremos abaixo.

É natural se preocupar com o desenvolvimento do bebê e também por não saber distinguir entre um choro normal e um choro de cólica.

Preste atenção nos principais sinais de cólica para saber se o bebê está passando por isso:

  • Fica encolhendo e esticando as perninhas
  • Está arqueando as costinhas
  • Fica mexendo sem parar os braços e as pernas
  • O rosto fica avermelhado quando chora
  • As mãozinhas ficam fechadas, como se estivessem segurando alguma coisa
  • Tem a expressão de dor no rostinho
  • A barriguinha fica inchada e soltando gases.

Agora que você viu os sintomas das cólicas nos bebês, saiba mais sobre a causa das cólicas nos bebês.

O que causa cólicas em bebes?

Muitas pessoas acreditam que a cólica é causada pelo leite materno, o que não é necessariamente verdade.

O desenvolvimento do sistema digestivo do bebê é a principal causa das dores e do desconforto, pois acontece até cerca dos 6 meses.

Por isso, é importante cuidar da alimentação do bebê e fazer ele arrotar toda vez que se alimenta, pois isso reduz o refluxo e os gases, causadores desse terrível desconforto.

Ademais, eventuais alergias alimentares com o leite materno e a fumaça proveniente do cigarro também podem ocasionar cólicas nos bebês.

Mas as cólicas também podem surgir devido a:

1. Falta de coordenação na ingestão de ar

Quando o bebê não consegue pegar corretamente no seio ou na mamadeira, aumentam as chances dele ingerir o ar, o que pode ocasionar a cólica, porque ele não consegue coordenar corretamente a capacidade de engolir com a respiração

Inclusive, o bebê pode ingerir o ar e ter cólica quando ele chora muito ou quando está com o nariz entupido, pois a gripe ou resfriado tende a aumentar o volume de ar que é ingerido.

2. Falta de tolerância à lactose

Fique atenta se o bebê sentir dor, inchaço na barriga, gases ou diarreia depois de 30 minutos a 2 horas após a ingestão de leite, pois pode ser que ele tenha intolerância à lactose.

É mais comum que a intolerância à lactose acometa crianças maiores, adolescentes e adultos.

Caso a lactante tenha intolerância à lactose, deverá evitar os alimentos que têm leite.

3. Alergia ao leite

Normalmente, é no primeiro ano de vida que ocorre o diagnóstico de alergia ao leite de vaca, que pode causar cólicas, lesões na pele, vômitos, coceira e diarreia.

Se a criança for alérgica ao leite de vaca, opte por fórmulas hipoalergênicas. Caso a mãe seja alérgica e estiver amamentando, deve excluir o leite de vaca da sua alimentação.

4. Ambientes agitados

Os bebês podem ficar desconfortáveis quando estão em ambientes desconhecidos e agitados.

Esse desconforto pode trazer medo ao bebê e desencadear cólicas.

5. Alimentação da lactante

O leite materno está diretamente ligado aos alimentos ingeridos pela lactante, pois a alimentação da mãe pode ocasionar cólicas e gases no bebê.

Por isso, fique atenta aos alimentos ingeridos que mais provocam gases e cólicas nos bebês:

  • Feijão, lentilhas e ervilhas;
  • Repolho e batata doce;
  • Brócolis e couve-flor;
  • Pimentas, pepino e nabo;
  • Chocolate e Cafeína;
  • Carnes vermelhas.

É muito comum que os alimentos que geram gases na lactante sejam os mesmos que provocam no bebê.

Sendo assim, fique atenta após a mamada aos sinais de cólica, como barriguinha inchada, irritação, choro ou dificuldade de dormir.

Se perceber esses sintomas no bebê, reduza e fracione a quantidade desses alimentos entre as refeições, a fim de aliviar as cólicas no bebê.

Mas se o bebê continuar tendo cólicas, experimente evitar o consumo destes alimentos nos primeiros 3 meses de amamentação.

Após 3 meses, volte a consumir esses alimentos em pequenas quantidades e veja a reação do bebê.

Bebê com cólica o que fazer? existe algo extremamente eficaz que faz a cólica passar imediatamente?

método-para-passar-a-cólica-do-bebê

Se você está cansada de ver seu bebê sofrendo e quer saber como aliviar cólica de bebê de forma mais rápida, experimente comprar o Cólicas Nunca Mais.

Trata-se de um ebook super didático com dicas exclusivas e certeiras para aliviar e prevenir a cólica dos bebês de maneira certeira.

O valor é bem acessível e você consegue ter acesso ao material imediatamente após o pagamento, que é realizado pela Hotmart, uma plataforma 100% segura.

De bônus, você ainda ganha o material completo para lidar com o refluxo do bebê.

Sem dúvidas, é um excelente material de apoio para as mamães aliviarem a cólica dos bebês (Clique aqui), aprender a preveni-las e lidarem com esse problema de forma mais certeira.

Existe algum Remédio caseiro para cólicas no bebê?

Sim, a camomila e a erva doce são plantas capazes de aliviar as cólicas e reduzir os gases e, portanto, podem ser usadas em pequenas doses como um remédio caseiro para as cólicas do bebê.

Uma colher de chá de camomila e outra de erva-doce é suficiente para fazer o chá. Após ferver a água, espere esfriar e depois de coado, dê para o bebê.

Se o bebê estiver mamando apenas no peito, é possível que a própria mãe ingira esses chás, pois através do leite também é possível diminuir as cólicas do bebê.

Quando devo procurar um médico?

as-cólicas-do-bebê-não-passam-devo-procurar-um-médico

Use as técnicas para acalmar o bebê que passamos nesse artigo e você vai descobrir a que surte mais resultado para o seu bebê.

Mas, se o bebê continuar chorando e nada parecer resolver, talvez seja a hora de procurar um médico, que poderá confirmar se é a cólica que está causando esse choro excessivo no bebê.

Então fique atenta se o bebê apresentar sintomas de regurgitação excessiva, perda de peso ou de apetite.

Conclusão sobre como aliviar cólica de bebê

Espero que as dicas sobre como aliviar cólica de bebê tenha te ajudado nessa missão tão delicada que é cuidar de quem amamos.

Não deixe de compartilhar esse artigo e lembre-se que uma ajuda é sempre bem-vinda.

Então não espere para ter em sua casa seu guia Cólica Nunca Mais.

Confira também nosso artigo sobre como fazer o bebê dormir a noite toda.

RedatorLobato

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Outros artigos

Livros de Monteiro Lobato

Livros de Monteiro Lobato

Muitas vezes não nos desperta a curiosidade em saber sobre os livros de Monteiro Lobato, de suas obras, seus contos, a figura que ele foi, o que representou e repre...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.