Top 20 Melhores Livros Para Crianças De 10 Anos | 2022

Você quer incentivar seu filho na leitura, mas não sabe quais são os livros para crianças de 10 anos mais recomendados?

Confira neste artigo os 20 melhores livros para crianças e também 5 dicas exclusivas para te ajudar a escolher livros para crianças de 10 anos, além de dicas para incentivar a criança no hábito da leitura.

Leia também nossa indicação sobre os livros para crianças de 9 anos.

melhores-livros-para-crianças-de-9-anos

Os melhores livros para crianças de 10 anos

Confira abaixo a lista que fizemos dos melhores livros para crianças de 10 anos.

  • O jardim secretoFrances Hodgson Burnett;
  • Alice no País das Maravilhas (Classic Edition) – Lewis Carroll, Marcia Heloisa, e outros;
  • Malala, a menina que queria ir para a escolaAdriana Carranca;
  • Um Cometa na terra dos MoominsTove Jansson e Ana Carolina Oliveira;
  • A volta ao mundo em 80 diasJúlio Verne e Teotonio Simões;
  • Momo e o Senhor do TempoMichael Ende;
  • As Aventuras do Capitão Cueca, Em cores 1Dav Pilkey;
  • Konrad, o menino da lataChristine Nöstlinger;
  • O menino maluquinhoZiraldo Alves Pinto e Ziraldo;
  • História das invençõesMonteiro Lobato;
  • Volta ao mundo em 52 históriasNeil Philip, Nilesh Mistry, e outros;
  • Como mudar o mundoStela Barbieri e Fernando Vilela;
  • Um lençol de infinitos fiosSusana Ventura;
  • A Ilha Perdida Maria José Dupré;
  • Os Moomins e o Chapéu do MagoTove Jansson;
  • O InvisívelAlcides Villaça;
  • Harry Potter e a pedra filosofalK. Rowling;
  • O pequeno príncipeAntoine de Saint-Exupéry;
  • Peter PanJames Matthew Barrie;
  • AladimPaulo Lemos Horta e Yasmine Seale. 

Agora entenda o que você Precisa Saber sobre os Livros para Crianças de 10 anos

Você deve usar a idade de 10 anos apenas como um ponto de partida quando o assunto é escolha de livros para crianças de 10 anos.

Existem crianças mais avançadas que outras e está tudo bem.

O importante é investir tempo e esforço para desenvolver o hábito de leitura nessa criança, independente de qual grau esteja.

Cada criança é única e por isso é fundamental entender em qual grau seu pequeno está, a fim de que consiga ajuda-lo a progredir nessa habilidade de leitura, que o ajudará na sua vida adulta.

Como falaremos a seguir, é importante ir avançando na complexidade da leitura aos poucos.

Comece com livros de alto interesse por parte da criança, com bastante imagens e de fácil compreensão e, aos poucos, conforme o progresso do pequeno, comece a comprar livros com a leitura um pouco mais desafiadora.

Assim, você vai estimulando a leitura da criança aos poucos e fortalecendo o seu desenvolvimento com pequenas conquistas.

Falaremos mais sobre como incentivar a criança a ler, mas, antes, entenda como escolher livros para crianças de 10 anos.

Dicas para escolher livros para crianças de 10 anos

dicas-para-escolher-os-melhores-livros-para-crianças-de-10-anos

Acertar na escolha dos livros para crianças de 10 anos é muito importante, pois pode estimular o início de uma empolgação e entusiasmo pela leitura ao longo da sua vida do seu filho.

Então qual é a melhor forma de identificar um bom livro infantil no meio de uma gigantesca variedade de autores, títulos e gêneros?

Escolher os livros certos podem gerar memórias positivas e memoráveis na infância do seu filho, seja de histórias comoventes, ou de personagens interessantes com princípios de vida embutidos em uma filosofia, que dá margem para a imaginação do pequeno.

Vamos direto ao ponto.

Antes de escolher os livros para crianças de 10 anos, você deve pesquisar:

1 – Livros Legais e de fácil compreensão por uma criança de 10 anos

Priorize a escolha de livros para crianças de 10 anos que permitam aflorar a imaginação do seu filho, que explore um mundo imaginário e vidas diferentes e que ele consiga se enxergar nos personagens retratados nas histórias.

Se os personagens tiverem sonhos, desafios e desejos fáceis de assimilar, seu filho certamente ficará entretido na leitura e terá mais facilidade de ler até o final.

2 – Livros para crianças de 10 anos com Ensinamentos Importantes

Os melhores livros para crianças de 10 anos são aqueles que ensinam moral, princípios e valores por meio de histórias simples de serem assimiladas por crianças, como por exemplo, o livro A Tartaruga e a Lebre de Jerry Pinkney.

Uma boa escolha de livros também pode ser feita analisando quais as habilidades o livro está querendo ensinar, como uma contagem, cores, estações, planetas, alfabeto, etc.

3 – Escolha livros para crianças de 10 anos com palavras fáceis

Não há nada de errado em tentar forçar a criança a ler algo mais complexo, só tome cuidado para não travar a cabeça do seu filho e prejudicar na continuação leitura.

É importante começar por uma leitura mais fácil em que a criança aproveite a leitura e ir aumentando a complexidade, conforme o desenvolvimento do pequeno.

4 – Livro de criança com bastante ilustrações

Até adultos gostam de ler aqueles livros que contém desenhos. Então pesquise por livros que contenham imagens, que facilitem o entendimento da história que está tentando ser passada.

Outra opção é aquele livro de colorir para crianças, sabe?

Muitas vezes uma imagem agrega mais do que várias palavras, especialmente para os pequenos.

Escolher ilustrações e desenhos nos livros para crianças de 10 anos é uma excelente maneira de incentivar a imaginação criativa da criança, reforçando o entendimento das palavras.

5 – Entenda as paixões do seu filho e opte por Livros interessantes para ele

É importante que você segure o seu desejo de comprar um livro que você gostava muito quando era criança, pois seu filho certamente pode ter uma personalidade diferente da sua e não querer dar continuidade na leitura para não te desagradar.

Entender quais são as paixões do seu filho podem te ajudar na escolha dos livros para crianças de 10 anos, até porque crianças de hoje em dia são bem diferentes das de antigamente.

Em resumo, um bom livro pode ser justamente o livro que seu filho quer ler, desde que seja apropriado para a sua idade.

Tente dar uma certa liberdade para seu filho escolher seus livros, pois isso já será um passo significativo no seu processo de vida com a leitura.

E, claro, antes de comprar, dê uma lida na resenha do livro que ele escolher.

Por que você deve Incentivar as Crianças no hábito da leitura?

Quando a leitura se torna agradável na infância, a criança tende a desenvolver hábitos e atitudes positivas com relação ao conhecimento e, como consequência, acaba saindo na frente da maioria dos brasileiros, que infelizmente ainda não possuem o hábito da leitura.

Escolher livros para crianças de 10 anos corretos podem te ajudar a criar esse hábito no seu filhote.

A leitura ajuda no desenvolvimento cognitivo da criança, além de expandir a mente dos pequenos com novos saberes e novos conhecimentos, que certamente serão uma base para a sua vida.

Sabemos que não é fácil formar hábitos depois de adulto.

Por este motivo, é muito importante incentivar as crianças a ler quando ainda são pequenas, porque terão mais facilidade de desenvolver uma paixão por livros e pela busca de conhecimento e sabedoria.

O hábito da leitura permite entendermos como funciona a mente de outras pessoas, aprender sobre culturas diferentes, melhorar nossas habilidades, nos entendermos melhor como pessoas.

Com o hábito da leitura, a criança pode aprender valores, princípios, ética, hábitos e literalmente entrar na mente de uma pessoa de sucesso e entender o processo do seu pensamento.

Agora entenda como incentivar as crianças a ler.

Como Incentivar as Crianças a ler?

A leitura deve ser uma experiência agradável para a criança e não uma tarefa chata e obrigatória.

Por isso, é importante se atentar na hora da escolha, prezando por livros legais, como um livro de história para criança.

Neste artigo comentamos que cada criança é única e cada uma possui gostos diferentes. Por isso, repetimos que é muito importante entender o que seu filho gosta e tentar unir as duas coisas.

Com o tempo você pode ir avançando na leitura dele, escolhendo livros mais avançados, mas o mais importante e que deve ficar muito claro é que a leitura deve ser agradável.

A criança tem que se sentir bem lendo e até mesmo se divertir, ou seja, escolha livros interessantes na faixa etária da criança e por isso é sempre importante questionar os gostos do pequeno ou da pequena.

Uma das formas de incentivar as crianças a ler é escolhendo livros para crianças de 10 anos com um assunto que ela goste, que seja capaz de estimular a imaginação da criança incentivar o pensamento.

1- Leia junto os livros para crianças de 10 anos

No começo, talvez seja preciso você ler para seu filho por alguns minutos. A sua fala ajudará a criança a saber as pausas das vírgulas, do ponto, de uma citação, etc.

Além disso, você vai gerar interesse e despertar a curiosidade do pequeno quando começar a ler um pouco com ele e interromper a leitura para fazer um jantar, por exemplo.

Peça para ele continuar lendo para você em voz alta.

Essa é a importância de optar por um livro de história para criança.

Vocês podem ter excelentes momentos de leitura juntos.

Sempre converse com ele sobre a importância do hábito da leitura e mostre que você dá valor a isso.

2- Seja o exemplo e leia ao lado da criança

A melhor forma criar o hábito de leitura no pequeno é se ele ver você lendo.

Então, seja o exemplo e leia ao lado dele.

Ele vai acabar se interessando pela leitura e, com o tempo, separe um momento para a leitura de vocês.

Enquanto o pequeno estiver lendo o livro de criança, você lê o seu e depois podem até trocar conhecimentos e ideias sobre.

Ou até mesmo você pode optar por um livro de colorir para crianças, que vai mantê-la entretida e vocês vão conseguir ter um momento juntas.

O desenvolvimento intelectual e cognitivo, a habilidade de questionar, o senso crítico, entre outras habilidades certamente serão desenvolvidas dessa forma.

3 – Comemore pequenas conquistas com ele

Outra coisa importante e que poucos pais fazem é comemorar com a criança após o término do primeiro livro.

Estimule uma explicação por parte do pequeno sobre os livros para crianças de 10 anos que ele leu, nem que seja um capítulo ou trecho.

Até porque não é a quantidade de livros lidos que vão fazer a diferença no desenvolvimento da criança, mas a capacidade de entender as entrelinhas, os conceitos, os conhecimentos que estão sendo passados no livro.

Cada insight e pensamento crítico da criança deve ser comemorado, até porque a criança só tem 10 anos.

É muito importante ver o desenvolvimento cognitivo da criança e valorizar os seus pensamentos críticos e questionamentos sobre o assunto.

4 – Desenvolva a Curiosidade e Incentive a Leitura Sozinha de livros para crianças de 10 anos

Sempre que possível, converse com a criança e explique o seu ponto de vista sobre a leitura.

Incentive seu filho a ter curiosidade e buscar as respostas para as suas dúvidas e seus questionamentos.

Faça desafios com a criança para, depois que descobrir a resposta, vir comentar com você e apresentar o que ela entendeu sobre o assunto.

Desenvolver a curiosidade e, além disso, incentivar a criança a encontrar as respostas que procura é muito importante.

É uma habilidade incrível para a vida.

Então, incentive a criança a ler e a encontrar as respostas sozinha também.

É claro que, se você ver que a criança não está conseguindo, dê uma mãozinha, mas sem querer fazer todo o trabalho.

Isso porque é importante deixar a criança passar por esse processo de desenvolvimento na busca das respostas que quer, para não acontecer de virar um adulto que precisa ou depende de outras pessoas para sair do lugar.

Resumo dos Livros para crianças de 10 anos mais Recomendados

Segue abaixo uma lista com os resumos dos livros para crianças de 10 anos mais recomendados pelo nosso portal.

1- O jardim secreto – Frances Hodgson Burnett

O livro conta a história de uma garotinha mimada que se tornou órfã e começou a ser criada pelo seu tio, que era distante e muito melancólico. No ambiente em que vivia havia uma certa agressividade.

A garota conheceu um primo inválido, solitário e doente, que era mimado e que cresceu em meio à natureza, aos animais e plantas.

A história foi retratada em um local triste e sombrio da Inglaterra, um casarão no inverno.

No percorrer da história, é retratada a chegada da primavera, que transformou magicamente o ambiente, assim como a energia e o espírito dos personagens, que começaram a sair do casarão, passear pela natureza nos jardins e também a conhecer outras crianças da aldeia.

Essa mudança ocorreu depois que as crianças encontram um jardim secreto, em que passaram a viver dias memoráveis e mágicos.

Frances Hodgson Burnett é conhecido por encantar o público de todas as idades por meio de uma narrativa envolvente e cativante.

O Jardim Secreto transmite uma mensagem de superação, da importância do autoconhecimento na vida, das mudanças de atitude e também do crescimento e fortalecimento espiritual e emocional.

Frances introduziu na literatura a questão dos pensamentos e da influência que o nosso emocional causa no nosso corpo físico.

A obra também passa a mensagem de como o poder da mente e dos nossos pensamentos podem alterar o ambiente em que vivemos, deixando a reflexão no ar.

O livro jardim secreto de Frances Hodgson Burnett mexe com o emocional do leitor e traz reflexões de muito valor para crianças e adultos.

Esse é um dos tipos de livros para crianças de 10 anos, que certeza vale a pena a leitura, seja pela mensagem, seja pela facilidade de leitura e também por ser um dos livros interessantes para crianças e adultos de todas as idades.

2- Alice no País das Maravilhas (Classic Edition)Lewis Carroll, Marcia Heloisa, e outros

O livro conta a história de uma garota e um coelho, que mexe com nossos sonhos.

Em um resumo mais extenso, a Alice estava dormindo, quando foi despertada, ao pé de uma árvore, por um coelho diferente e falante, que vestia colete e relógio.

Curiosa como a maioria das crianças, a Alice seguiu o coelho até cair em um buraco sem fim.

Alice no País das Maravilhas mudou para sempre a literatura infantil brasileira, pois foi projetada para um mundo totalmente diferente, repleto de animais e objetos que falam e se comportavam iguais aos humanos.

Mesmo depois de 150 anos a obra de Lewis Carroll e Marcia Heloisa continua sendo um clássico literário, com ensinamentos atuais para todos aqueles que ousaram seguir o tal Coelho até a sua toca.

Sem dúvidas é uma obra fantástica e que sobreviveu à passagem do tempo devido a sua leitura encantadora.

A trama contida na obra envolve os leitores com uma linguagem recheada de jogos de palavras, que até hoje chama atenção dos fãs dos personagens psicodélicos, entre outros interesses e conceitos filosóficos que o livro Alice no País das Maravilhas atrai.

Uma das mensagens mais famosas que a obra traz é a frase que se você não sabe para onde ir, qualquer caminho serve.

Esse é um dos livros infantis mais vendidos, e não é a toa, não é mesmo?

3 – Malala, a menina que queria ir para a escolaAdriana Carranca

O livro Malala, a menina que queria ir para a escola conta a história de Malala Yousafzai, uma menina que foi impedida de fazer o que mais queria na vida, que era estudar e ir a escola e que, por conta disso, quase perdeu a sua vida.

A obra foi escrita pela jornalista Adriana Carranca e conta o drama de Malala e a sua luta pelo direito de continuar estudando.

Malala nasceu no vale do Swat, no Paquistão e cresceu nos corredores da escola que seu pai trabalhava, Ziauddin Yousafzai.

A menina era uma das primeiras alunas da classe, mas quando completou dez anos, sua cidade passou a ser controlada por um grupo extremista, Talibã.

Esse grupo armado vigiava o vale noite e dia, e colocaram muitas regras, como permitir o estudo somente aos meninos.

Ocorre que Malala foi ensinada desde criança a defender o que acreditava e defendeu com unhas e dentes o direito de continuar estudando.

Malala usou as palavras como sua arma e acabou sofrendo um atentado a tiro no dia 09 de outubro de 2012, quando estava voltando do ônibus da escola.

Adriana Carranca, a jornalista, visitou o vale do Swat alguns dias após o atentado e hospedou-se com uma família local.

No livro Malala, a menina que queria ir para a escola, Adriana relata tudo o que presenciou e aprendeu por lá.

Ela mostrou às crianças a verdadeira história da Malala, um grande e raro exemplo de como uma pessoa forte e um sonho são capazes de mudar o mundo.

Malala é a mais jovem ganhadora do prêmio Nobel da paz.

Esse é um dos livros para pré adolescência que todos deveriam ler, até para valorizar o que muitas vezes temos liberdade de fazer e não damos valor, que é o estudo.

4- Um Cometa na terra dos MoominsTove Jansson e Ana Carolina Oliveira

Trata-se de um livro de história para criança, que relata a história de Moomintroll, que em uma determinada parte do livro, descobre que um cometa logo vai passar no céu.

Então ele e o Sniff, seu amigo, se dirigem ao Observatório nas Montanhas Solitárias para consultar os professores.

Mas, no meio do caminho, acabam ocorrendo desafios, aventuras e muitos perigos…

A maior aventura é quando eles ficam sabendo que o cometa que eles descobriram que ia passar no céu está se dirigindo para o Vale dos Moomins!

5- A volta ao mundo em 80 diasJúlio Verne e Teotonio Simões

O livro conta a história de Phileas Fogg, um renomado homem da sociedade londrina, cavalheiro inglês muito bem apessoado, rico e enigmático, que acreditava com todas as suas forças ser possível dar a volta ao mundo em 80 dias.

Seus amigos de clube simplesmente não conseguiam acreditar nisso. Fogg, um homem convicto em tudo o que fazia e muito excêntrico, não descansou até provar estar certo.

Fogg apostou com seus colegas que conseguiria dar a volta ao mundo em apenas 80 dias.

Mas os incidentes, acusações e alguns obstáculos aconteceram, atrapalhando o trajeto e a rota de Fogg.

Ele foi capaz de cumprir o desafio para não perder a aposta, mesmo quando o Fix, um profissional da polícia surge com a certeza de que o Fogg era o criminoso que estava procurando, ou seja, um ladrão de um Banco localizado na Inglaterra?

A volta ao mundo em 80 dias é realmente um clássico, que foi lançado no ano de 1873 e considerado uma das maiores obras da literatura mundial.

Existem vários livros interessantes, mas esse com certeza está na lista, pois consegue mexer com a imaginação do leitor.

“Todos, ainda mais jovens, devem ler este livro. Ele estimula a leitura e meche com a imaginação e o fantástico” – Sussu de Souza

6- Momo e o Senhor do TempoMichael Ende

O livro traz uma mensagem sobre a importância do tempo, colocando a atenção do leitor para como ele gasta ou economiza o seu próprio tempo, que intriga tanto crianças como adultos.

É contada a história de Momo, uma órfão, e ocorre no reino de fantasias, localizado em lugar nenhum, em um lugar sem tempo.

Momo vive num anfiteatro e seus amigos são as pessoas de várias idades, que vão no anfiteatro para trocar uma ideia e ela ouve os conselhos com muita sabedoria para a idade dela.

Não se trata de uma história princesas e fadas, mas traz ensinamentos na vida atual.

A criança quer salvar o mundo das “pessoas cinzentas” que acabam se alimentando do tempo de outras pessoas.

Um dos livros recomendados para 10 anos é o Momo, pela simplicidade que ele consegue abordar um assunto tão interessante, que é o nosso tempo.

7- As Aventuras do Capitão Cueca, Em cores 1 – Dav Pilkey

Trata-se de um livro de criança, que conta a história de Jorge e Haroldo, vizinhos que estudam na mesma escola, chamada Jerome Horwitz.

Os meninos contam piadas e ficam fazendo travessuras por onde eles passam, mas na verdade o que eles gostam mesmo é de escrever histórias em quadrinhos.

Em um determinado momento, eles inventaram o Capitão Cueca, o maior super-herói de todos os tempos, que tem umas manias esquisitas, como o jeito de se vestir.

Outro fato que chama a atenção é a identidade secreta, que faz com que nem ele mesmo saiba quem é, mas ele continua lutando pela justiça.

8- Konrad, o menino da lata Christine Nöstlinger

O livro fala da história da Dona Bartolotti, que tinha uma mania esquisita de encomendar tudo o que vê pela frente, como uma enciclopédia que falava de animais em incríveis 17 volumes, 100kg de tachinhas e até mesmo uma assinatura de umas revistas que falavam sobre a criação de peixes e muitas outras coisas estranhas.

Uma coisa que ela não sabia era sobre crianças e em um determinado momento ela leva um susto porque recebeu um filho pelo correio, que é o Konrad, que chegou um pouco tímido, dentro de uma lata de conservas.

Na história, a Dona Bartolotti se encanta pelo garoto e não quer devolvê-lo – mesmo depois dele ser procurado por homens da fábrica de conservas.

O livro Konrad, o menino da lata, foi nomeado para o Prêmio Alemão de Literatura Juvenil.

Pode-se dizer que esse é um dos livros infantis para crianças mais recomendados, pois muitas vezes não percebemos o que é valoroso na correria do nosso dia a dia.

9- O menino maluquinhoZiraldo Alves Pinto e Ziraldo

O livro trata sobre a história de um menininho sorridente e alegre, que fazia traquinagens e aprontava muita confusão.

Ele tinha até macaquinhos no sótão, que deitava e rolava, fazendo muita confusão por onde passava.

Um anjinho e um saci ao mesmo tempo, que apesar de ser a alegria da casa, inventava brincadeiras e liderava a garotada, era namoradeiro, criava versinhos e canções.

O menino maluquinho tirava nota dez nas matérias, mas seu comportamento era o que tirava os cabelos das pessoas.

Existem livros legais e interessantes, mas o menino maluquinho é um livro de criança clássico e de fácil compreensão.

10- História das invençõesMonteiro Lobato

O livro História das invenções é um dos melhores clássicos para crianças, escrito por Monteiro Lobato, considerado o pai da literatura infantil brasileira.

Sem dúvida, é considerado um dos melhores livros para crianças.

Em um determinado momento da obra, Dona Benta leu para seus netos e para a Emília um livrinho muito especial, chamado História das invenções de um homem que era fazedor de milagres.

Dona Benta alerta que o livro não é para crianças, mas ela leu do jeitinho dela e fez eles compreenderem tudo, porque mostrou uma nova forma e metodologia para ensinar

A Dona Benta conseguiu provar que é possível se divertir e aprender ao mesmo tempo.

Tia Nastácia preparou uma pipoca, que foi degustada por Pedrinho, Narizinho e Emília enquanto ouviam a avó Dona Benta contar a história do nascimento do planeta, como surgiu a vida na Terra e como foi a evolução do homem como ser humano.

Depois, Dona Benta falou sobre as descobertas e as invenções que alteraram significamente a história da nossa humanidade, dando exemplo do fogo, da cerâmica, da roda, do avião, da criação dos óculos e muito mais.

A sábia avó começou a desenvolver um diálogo, em que argumentou seu ponto de vista sobre as invenções que, para ela, são ferramentas para aumentar o poder que temos no nosso corpo e que também acaba nos permitindo dominar algumas forças da natureza.

Esses argumentos e conceitos ficaram explícitos nos capítulos do livro, como o título Da pele ao arranha-céu, O pé que roda: a roda, O olho, etc.

Monteiro Lobato consegue combinar muito bem a realidade com a fantasia, utilizando-se da fala de seus personagens.

O livro História das Invenções de Monteiro Lobato foi publicado em 1935, mas a nova edição, que foi comentada, foi lançada pela Globinho, que utilizou como base a edição de 1947.

Nessa nova edição, há comentários atualizando o conteúdo original do livro, com o objetivo de apontar os novos avanços que tivemos e também as novas descobertas em inúmeras áreas do conhecimento.

Sem dúvida, é um dos livros interessantes de Lobato, recheado de fantasia e realidade e recomendados para 10 anos.

No Brasil, Lobato foi o mais importante escritor infantil, além de ser escritor e editor, é considerado um dos grandes autores, se não o maior autor de histórias voltadas para o público infantil, destacando-se em seus contos e fábulas.

11- Volta ao mundo em 52 históriasNeil Philip, Nilesh Mistry, e outros

O livro é uma coletânea composta de 52 narrativas de trinta e três países, incluindo a história da Chapeuzinho Vermelho e também a história da Soliday e o corvo.

O conto “A raposa manca” é bem parecido com a narrativa do “O Gato de Botas”.

As histórias do livro são complementadas com algumas informações sobre a sua origem, seus símbolos e temas, além dos ambientes e dos personagens que tiveram alguma relação com os protagonistas.

O livro é composto por vários desenhos, fotografias e quadros, que acabam ajudando a dar à obra Volta ao mundo em 52 histórias o caráter de uma “história das histórias”.

Neil Philip é conhecido por sua especialidade em mitos e folclore, quando se trata de literatura infantil, o que torna seus livros legais.

12- Como mudar o mundoStela Barbieri e Fernando Vilela

O livro Como mudar o mundo foi inspirado em um dos objetivos de desenvolvimento do milênio em 2000, como o combate à pobreza, à mortalidade infantil, à Aids, entre outros, que foram propostos pela Organização das Nações Unidas e que ainda é um desafio da humanidade do nosso século.

Outros temas abordados são doenças diversas como a malária, os desafios da educação, igualdade entre homens e mulheres, mais autonomia feminina, saúde das grávidas, sustentabilidade do meio ambiente e uma parceria mundial visando o nosso desenvolvimento.

Esse é um dos livros para pré adolescência que todos deveriam ler, porque aborda assuntos muito atuais e que devemos dar uma atenção especial.

13- Um lençol de infinitos fiosSusana Ventura

O livro de criança conta a história de uma menina boliviana, que mora em São Paulo.

Ela sonha em ser escritora e anota tudo em um caderno, seja histórias ou pensamentos.

Em um determinado dia, ela estava pesquisando na Biblioteca Mário de Andrade, com seus amigos e conheceu Ludmi, uma moça haitiana que estava naquela cidade na procura de seu pai.

O livro Um lençol de infinitos fios é uma narrativa delicada e traz a mensagem sobre a importância da amizade e o valor da descoberta do poder e também da solidariedade entre as pessoas.

Pode-se dizer que o livro de história para criança acaba instigando a imaginação e o desejo pela escrita de outras crianças.

14- A Ilha PerdidaMaria José Dupré

O livro conta a história de dois garotos, que estavam de férias na casa do padrinho e, em um determinado momento resolveram explorar uma certa ilha, mas acabaram descobrindo que a ilha era habitada por um eremita esquisito.

A forma como é colocada a narrativa, enfática na parte de ação e suspense, consegue fisgar o leitor nas primeiras páginas.

A mensagem que o livro passa continua sendo ainda muito atual, como o respeito à natureza.

Trata-se de um dos livros para meninos, que meninas também se assemelham, por conta do conteúdo e pela mensagem que é passada.

15- Os Moomins e o Chapéu do Mago –  Tove Jansson

O livro conta a história de três amiguinhos, que acabaram encontrando um chapéu especial, novo e brilhante, de uma criatura esquisita e macabra.

Logo descobriram que o tal chapéu tinha o poder de transformar qualquer coisa e, depois disso, começaram as aventuras dos meninos, que fizeram várias descobertas interessantes.

16- O InvisívelAlcides Villaça

A história trata de um menino expert em ser invisível.

Ele tem o dom de ir onde quer sem ser visto e fazer o que deseja sem arranjar confusão com outras pessoas.

Em um determinado momento, ele não sente mais graça em passar despercebido por outras pessoas e queria ser visto por aqueles que ama.

Ele deseja ser reconhecido e quer se sentir amado.

A mensagem do livro é sobre a invisibilidade que ocorre na infância.

Muitas vezes, as crianças não são percebidas por não darmos valor ao olhar crítico delas.

Só que tanto criança quanto adulto têm muito a oferecer e é muito interessante abrir esse olhar para esse encontro de conhecimentos e valores a serem trocados.

Esse é um dos livros para crianças de 10 anos mais indicados, tanto para criança, como para adultos, pois muitas vezes a criança é tão podada pelos pais, que acaba perdendo a voz quando adulto, o que a prejudica em vários aspectos da vida.

Livros infantis que encantam também adultos

Alguns livros infantis continuam encantam os adultos, seja porque utilizam-se de metáforas, contos, magias, misticismo e também porque instigam a imaginação criativa do leitor, ajudando-o na compreensão de temas atuais.

Os livros infantis que costumam encantar adultos são aqueles que trazem consigo uma mensagem por trás de uma história e que grava na memória.

Depois que crescemos e nos tornamos adultos, aquela parte criativa e imaginativa acaba ficando mais de lado.

Alguns livros infantis, como o do Harry Potter e a pedra filosofal, o pequeno príncipe, peter pan e Aladim, por exemplo, nos ajudam a captar melhor a mensagem de vida, superação, desafios, etc., que são transmitidas através de uma história que prende a atenção do leitor e que o ajuda a entender o insight de forma mais agradável.

Esse é um dos motivos desses livros infantis que encantam adultos baterem recorde de vendas até os dias de hoje.

17- Harry Potter e a pedra filosofalK. Rowling

A história conta que Harry Potter morou, desde bebê, com seus tios (que não eram feiticeiros) e que o maltratavam muito.

Até que chegou o seu aniversário de 11 anos de idade e ele descobriu que seus pais eram feiticeiros e tinham sido assassinados – por um bruxo super poderoso – quando Harry Potter ainda era um bebezinho.

Harry acabou descobrindo que era um aprendiz de feiticeiro, até a chegada do dia em que teria que enfrentar o bruxo que matou seus pais.

Apesar de ter sido sempre rejeitado, Harry Potter acabou descobrindo que era um herói no mundo dos magos e que era o único que sobreviveu ao ataque do poderoso bruxo e por isso tinha uma marca de um raio na testa.

Harry Potter simboliza poder e resistência, sendo um verdadeiro líder nesse universo sobrenatural.

O livro é contado em forma de fábula, com vários fantasmas, paredes que falam, caldeirões esquisitos, dragões e gigantes, mas que tem uma mensagem muito forte por trás.

Sem dúvida é um livro de história para criança, que mexe também com a imaginação e os sentimentos do adulto.

18- O pequeno príncipeAntoine de Saint-Exupéry

Esse é um dos livros recomendados para 10 anos, 20, 30 , 80 anos, porque a sua mensagem é simplesmente atemporal.

O livro passa uma mensagem muito importante, inclusive para os adultos, quando fala que o essencial é invisível aos olhos.

Em o pequeno príncipe nós somos levados a pensar e a refletir sobre assuntos atuais, e somos lembrados que aqui nesse planeta, somos mais que apenas aparências.

O livro reforça que as coisas realmente importantes não podem ser simplesmente vistas, mas são aquelas que nós sentimos, como amor, a fé, a bondade, a amizade, a generosidade e um resgate interior.

A história do pequeno príncipe conta que um piloto acaba caindo com seu avião em um deserto e acaba encontrando um príncipe pequeno.

E aí começa a jornada filosófica e os ensinamentos sobre a solidão humana e o que realmente é importante para nós.

Com certeza é um dos livros para crianças de 10 anos mais indicados.

19- Peter PanJames Matthew Barrie

O livro do Peter Pan, embora tenha sido publicado em 1911, contém ensinamentos atuais para crianças e também para adultos.

Uma das mensagens do livro de Peter Pan, que aborda sobre o tema de que crescer parece doloroso demais é estudada em diversas áreas de conhecimento.

Inclusive, é um tema muito estudado na psicologia, sobre a dificuldade de assumir responsabilidade de alguns adultos que só sabem sonhar.

A história é contada numa terra de fantasia, como a ilha onde fica situada a Terra do Nunca, que é o domínio de Peter, conhecido como o garoto que não queria crescer, só queria voar e pensar em coisas boas.

Os Meninos Perdidos são a família e os soldados de Peter e são mostrados como aqueles que sentem muita falta de uma mãe que está sempre ali cuidando deles, orientando em seus passos, como Darling, que era a mãe de Wendy, João e Miguel.

Peter Pan escolheu ser uma criança para sempre. Apesar do livro ter sido escrito para crianças, James Matthew Barrie não poupou a narrativa de mortes ou de sofrimentos.

Pode-se dizer que esse é um dos livros interessantes e que trás uma abordagem bem realista sobre responsabilidades e que, com certeza, é um dos livros recomendados para 10 anos e também para adultos, que muitas vezes ainda não conseguiu soltar o cordão umbilical de sua mãe.

20- Aladim – Paulo Lemos Horta e Yasmine Seale

A história do livro Aladim inspirou a Disney a fazer o filme, que foi um sucesso.

Aladdin era um adolescente ladrãozinho, que vivia roubando pequenas coisas em Agraba, até que em um determinado dia, ajudou uma jovem na recuperação de um bracelete de valor.

Mas ele não sabia que ela era a princesa Jasmine e logo ficou interessado pela moça, que mentiu ser a criada, e não a princesa.

O livro acaba passando que a luta pelo dinheiro e pelo poder não podem ir contra o amor e a honestidade.

Ele era puro de coração e não hesitava em ajudar os outros.

Percebe-se que esse livro de história para criança traz ensinamentos ricos e complexos, também na idade adulta.

Conclusão sobre os 20 melhores livros para crianças de 10 anos

Com toda certeza, o conteúdo desse artigo vai te ajudar a decidir por um dos 20 melhores livros para crianças de 10 anos.

Explicamos detalhadamente o que você precisa saber sobre livros para crianças de 10 anos.

Passamos 5 dicas exclusivas de como escolher livros para crianças, o que analisar antes da escolha e por que você deve incentivar as crianças a formarem o hábito da leitura.

Ainda te passamos 4 maneiras simples de incentivar as crianças a ler e fizemos um resumo individual dos melhores livros indicados para crianças de 10 anos, a fim de te ajudar na hora da escolha do livro para seu filho.

Por fim, indicamos alguns livros infantis que encantam tambem adultos e fizemos um breve resumo sobre a mensagem passada por estes livros.

Espero que tenha gostado desse conteúdo 🙂

Não deixe de ler nosso artigo sobre os melhores livros para crianças de 11 anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.